sexta-feira, 14 de novembro de 2008

GANHE CURSOS DE FOTOGRAFIA DAS ESCOLAS FULL FRAME E DANILO RUSSO!

O CLICK, com o apoio das escola de fotografia Danilo Russo e Full Frame, está oferecendo dois cursos de fotografia, na faixa, para os fotógrafos profissionais e amadores que acompanham nosso programa, o único sobre fotografia, ao vivo, na TV da Internet!

Para concorrer aos prêmios, você precisa responder (pelos Comentários deste post) à pergunta abaixo e torcer para ser escolhido entre os autores das duas respostas mais originais. Você poderá escolher um tema de interesse entre os cursos disponíveis para essa promoção (de acordo com a escola da qual você receber o "vale-curso", veja abaixo as opções).

Numa sessão de fotografias de um modelo nu (homem ou mulher), pode haver algum desconforto ou constrangimento, caso o fotografado nunca tenha tirado a roupa diante das câmeras. O que fazer para driblar essa situação e conseguir belas fotos, espontâneas e com naturalidade?

Uma oportunidade para aprender mais sobre fotografia. Participe, seja original e criativo na resposta e boa sorte!



VEJA OS CURSOS QUE OS AUTORES DAS MELHORES RESPOSTAS PODERÃO GANHAR (sem colocar a mão no bolso!)

_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----
Escola de Fotografia Danilo Russo
_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____----


ILUMINAÇÃO BÁSICA PARA ESTÚDIO
O curso de Iluminação Básica para Estúdio tem como objetivo capacitar o fotógrafo a utilizar adequadamente o estúdio como ferramenta para executar suas fotos, com conhecimento e objetividade.

Carga horária: 14 horas
Vagas: 15
Valor: R$500,00 ou 2 X R$270,00


FLUXO PROFISSIONAL - GERENCIAMENTO DE CORES, RAW e LIGHTROOM
Um workshop unificando os principais aspectos da fotografia digital, do clique à gráfica. Adobe Photoshop Lightroom, formato RAW e gerenciamento de cores.

Carga Horária - 16hs
Vagas - 18
Valor: 450,00 2x 250,00


MODA
Voltado para fotógrafos profissionais e amadores (com prática) que desejam conhecer o universo da fotografia de moda, os editoriais, os ensaios para as grandes revistas, a técnica, linguagem e as possibilidades do mercado.

Em aulas ilustradas com slides são desenvolvidos os temas: linguagem fotográfica, composição, iluminação, direção de modelo, produção e marketing. Também são abordados: o trabalho das agências de modelo, as técnicas para realizar um book e as diferenças de linguagem entre o trabalho fotográfico para book, catálogos, mercado editorial e campanhas publicitárias.

Além das aulas teóricas, os alunos têm a oportunidade de acompanhar um ensaio fotográfico desenvolvido pelo fotógrafo Danilo Russo. A aula prática, oferece a oportunidade de fotografar modelos profissionais, com o apoio de produtores de moda e maquiadores inseridos na área, em diferentes situações de iluminação em estúdio e externa.

O curso é encerrado com uma aula de avaliação das imagens produzidas pelos alunos. O aluno recebe apostila e certificado de conclusão de curso. Ótimo curso para quem pretende ter uma visão geral do trabalho, mas não tem disponibilidade de tempo.

Dias da semana: segunda e terça, das 9h às 18h; quarta: das 20h às 22h
Carga horária: 18 horas
Vagas: 15
Valor: R$ 500,00 ou 2 x R$ 270,00
Pré-requisitos: ser fotógrafo profissional ou amador com prática (o curso não prevê explicações básicas de teoria) e ter os seguintes conhecimentos: exposição, temperatura de cor e latitude de exposição.
Material necessário: Câmera fotográfica reflex, analógica, três filmes tipo slide; ou câmera reflex digital, e adaptador universal para cabo de sincronismo.


PRODUTO
Aprenda a fotografar produto. Curso com 75% da carga horária de prática em estúdio. Dicas para produção, composição e iluminação específica para cada tipo de objeto dentro da fotografia publicitária.

Na aula prática, os alunos utilizam uma imagem de referência (lay out) para montar sets com objetos, iluminação e bases de apoio diferentes para simular um trabalho publicitário e aprendem a interpretar um layout.

Conteúdo do curso
- luz e iluminação: luz, características físicas e fotográficas; luz dura e luz suave; tipos de iluminação: direta, rebatida e filtrada; suporte de iluminação; criação de meios tons; temperatura de cor; equipamento de iluminação; luz flash e luz contínua; flash eletrônico de estúdio: monotocha e geradores; acessórios para iluminação, flash;
- montagem de set para fotografia de objetos: acessórios para set: cavaletes, bancadas, girafas, pesinhos, clipes, etc; função e utilização; elementos práticos, dicas e macetes para montagem eficaz de um set;
- técnica de Iluminação: iluminação de objetos opacos, refletentes e transparentes; a melhor luz para cada tipo de objeto; superfícies de apoio; bases opacas e brilhantes; interação entre objeto e superfície de apoio; efeito da base sobre a imagem; superfícies ideais para cada tipo de objeto e iluminação; como resolver incompatibilidade entre objeto, superfície e iluminação;
- interpretação de Layout: interpretar as exigências do cliente sobre uma imagem como referência, nos aspectos iluminação, composição e valorização do produto.

BÁSICO
Esse curso visa ensinar os conceitos básicos da fotografia (que não mudaram com o advento da tecnologia digital), as novas funções eletrônicas e as peculiaridades da tecnologia digital, como também a parte estética e a visão artística. Nenhum pré-requisito é necessário.

O curso tem como objetivo: capacitar o aluno a utilizar câmeras digitais (compactas, reflex ou outras); aprofundar os conhecimentos sobre pixel, resolução, profundidade de cor, balanço de luz, formatos etc; detalhar as funções e programas das câmeras digitais; desenvolver os princípios básicos de exposição, composição e linguagem fotográfica; ampliar o nível de conhecimento sobre fotografia em geral; transferências de arquivos para o micro; fechamento e envio de arquivos para laboratório.

Conteúdo do curso
- componentes da câmera digital e sua manutenção;
- modos de uso e operações;
- utilização manual de velocidade e abertura;
- composição e linguagem fotográfica;
- exercícios práticos na escola e com saída a campo monitorada;
- utilização de flash do equipamento;
- análise de ampliações por minilab.


ILUMINAÇÃO BÁSICA PARA ESTÚDIO
Uma das maiores dificuldades do fotógrafo iniciante é trabalhar adequadamente com a luz artificial. Flashes, acessórios, traquitanas diversas que os experts utilizam para criar a atmosfera de suas fotos, tudo isso parece complexo e enigmático à primeira vista.

O objetivo do curso de Iluminação Básica para Estúdio é capacitar o fotógrafo a utilizar adequadamente o estúdio como ferramenta para executar suas fotos, com conhecimento e objetividade. O curso prevê também um período de prática, onde os alunos executarão exercícios propostos pelo professor e montarão esquemas simples de iluminação.

Conteúdo do curso
- equipamentos utilizados no estúdio;
- luz contínua e flash;
- o uso de acessórios para manipular a luz;
- relações de luz - como trabalhar o contraste de suas fotos;
- trabalho com o histograma;
- utilizando o fotômetro de mão;
- dicas para montar seu próprio estúdio;
- planejando a compra de seus equipamentos;
- esquemas simples e versáteis de iluminação.

Material didático: CD e apostila impressa.
Carga horária: 14 horas
Vagas: 15
Valor: R$500,00 ou 2 X R$270,00

_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----
Escola de Fotografia Full Frame
_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----_____-----


FOTOGRAFIA DIGITAL BÁSICO
Prepara fotógrafos amadores para que possam entrar em contato com o mundo das imagens digitais. Explica a produção de imagens digitais de forma a atender suas necessidades na produção de ensaios fotográficos simples, mobilizando conhecimentos e habilidades relacionadas com o uso de câmeras digitais e computadores.

Programa
- como uma imagem digital é produzida;
- produção de imagens digitais com câmeras compactas e análise dos arquivos com o uso do computador;
- as mais importantes características de uma imagem digital;
- exercício: o que é abertura do diafragma, tempo de exposição, na prática;
- o que é composição em fotografia;
- composição para retratos e paisagens;
- exercício fotográfico usando diferentes formatos de arquivo;
- saída fotográfica;
- análise das imagens.

Carga horária: 12h - 6 encontros de 2 horas
Valor: 4 parcelas de R$ 149,00

FOTOGRAFIA DIGITAL AVANÇADO
Esclarece com profundidade os conceitos indispensáveis para o fotógrafo que pretende dominar a produção, utilização e manipulação de imagens digitais.
Programa
- estrutura das imagens digitais;
- o conceito de pixel ;
- posição, cor;
- conceitos fundamentais: resolução do sensor digital, resolução da imagem, profundidade de cor; - formatos de arquivos digitais: TIFF, JPEG, RAW, Adobe câmera RAW;
- exercícios com diferentes sistemas digitais.

Carga horária: 10h - 5 encontros de 2 horas
Pré-requisitos: Digital Básico ou Entrevista com professor
Valor: 4 parcelas de R$ 149,00

TRATAMENTO DIGITAL BÁSICO
Programa
- apresentação do menu do Photoshop;
- preferences, color settings, resolução, ferramentas diversas, levels, curves, brigtness / contrast, color balance, hue saturation, selective color, replace color, filter unsharp mask.

Carga horária: 12h - 6 encontros de 2 horas
Valor: 4 parcelas de R$ 149,00

TRATAMENTO DIGITAL INTERMEDIÁRIO
Programa
- Adobe Bridge;
- preferences, color settings, câmera Raw, layers, layers de ajustes, seleção com máscara, quick mask, criação de alpha, fusão raw, unsharp mask, high pass, shadow / highight, actions, transform, vanishing point.

Carga horária: 12h - 6 encontros de 2 horas
Pré-Requisitos: Conhecimentos em Photoshop e/ou fotografia. Tratamento Digital Básico ou Entrevista com o professor
Valor: 4 parcelas de R$ 149,00

TRATAMENTO DIGITAL AVANÇADO
Programa
- preferences, color Settings, câmera raw, layers, pen tool, quick mask, blending mode for the layers, tratamento de pele, filter liquify, seleções complexas, recortes de cabelo com máxima precisão, produtos, criação de fundos, recortes, fusões de imagem, P&B para fotógrafo.

Carga horária: 12h - 6 encontros de 2 horas
Pré-Requisitos: conhecimentos em Photoshop e/ou fotografia. Tratamento Digital Intermediário ou Entrevista com o professor

Valor: 4 parcelas de R$ 149,00

ILUMINAÇÃO EM ESTÚDIO
Apresenta os tipos de iluminação utilizados em estúdio e suas formas de aplicação em fotografias de still.
Programa
- temperatura da cor;
- tipos de luz;
- qualidades e formas da iluminação;
- formas de fotometria;
- aulas práticas.

Carga Horária: 15 h - 5 encontros de 3 horas
Pré-Requisitos: Conhecimentos básicos de câmera e fotometria. Câmera digital ou analógica para desenvolvimento dos trabalhos durante o curso
Valor: 4 parcelas de R$ 149,00
Professor: Rodrigo Zugaib


A

17 comentários:

Edson Ramos disse...

Antes que qualquer constrangimento aconteça, antes da sessão de fotos é preciso conversar/explicar a(o) modelo qual a proposta do trabalho. Transmitir confiança e profissionalismo.
Um abraço
Edson

Marcelo disse...

Com certeza conversar e explicar o trabalho para o modelo mostrando tambem outros trabalhos como referencia pode ajudar.
Marcelo

pandini disse...

Sinceridade acima de tudo. Você deve detalhar muito bem a proposta e verificar a aceitação inicial do modelo. Em segundo lugar, ética profissional em todo momento, nada de comentários que possam constranger o modelo. E se possível, marcar mais que um dia de ensaio, para que o modelo fique natualmente mais a vontade.

Jack disse...

Podemos conversar antes sobre o que será feito e até onde devemos ir, observando o comportamento do fotografado e atuando com o máximo de profissionalismo, fazendo pausas se necessário e tornando o ensaio fotográfico agradável.

Nilani disse...

É necessário que o fotógrafo tenha a postura mais profissional possível,antes, durante e depois da sessão fotográfica, para mostrar que o trabalho que está sendo realizado é sério; é interessante, caso seja viável, que o fotógrafo converse com o modelo alguns dias antes e no dia do trabalho, para que o fotografado se sinta à vontade no momento dos clickes e com isso, surja afinidade entre ambos. Utilizar ao máximo o tempo necessário para as fotos também é importante e assim, obter um belo resultado.

Patricia Carmo disse...

Antes de começar a fazer nus, o(a) fotógrafo(a) precisa viver, pelo menos uma vez, a experiência de estar do outro lado da câmera - nu(a) - para ter noção das emoções que um modelo possa ter naquela situação. Tal vivência, seja com um(a) fotógrafo(a) amigo(a), conhecido(a), profissional ou não, deve ser uma situação real de uma sessão de fotos em estúdio ou externa. Em todo o processo (entrevista e sessão de fotos), deverá se observar, como tivesse assistindo a tudo numa tela de cinema: suas ações, reações, emoções, constrangimentos, necessidades.
A partir daí, na entrevista preliminar com seu modelo(a), antes mesmo de explicar a proposta do trabalho, o(a) fotógrafo(a) deve relatar a sua experiência, abrindo o coração, contando tudo o que viveu. Depois deve ouvir - atentamente - o(a) modelo(a): o que gosta, o que não gosta (relacionado ou não com a proposta do trabalho), como está se sentindo em relação ao trabalho, etc..
No momento da realização das fotos, a interação com o(a) modelo(a) deve ser constante, de forma clara e honesta, através de diálogos atentos e perceptivos. Música ambiente é indispensável, devendo estar relacionada com o personagem que está sendo clicado.
Acredito que esta possa ser uma forma de estabelecer confiança de mão dupla, levando o(a) fotógrafo(a) a conseguir com seu modelo(a) belas fotos, espontâneas e com naturalidade.
Patrícia Carmo
patriciafoto@gmail.com
www.flickr.com/patriciacarmo/sets

Daiane disse...

Bom como já estive do outro lado(fui fotografada nua quando fiz fotos da minha gestação), sei que o que conta é confiança no fotografo, primeiro mostraria outros trabalhos tudo que jà fiz para estar ali e que não estou de brincadeira, uma conversa descontraida e sem nenhuma pressão, pois cada coisa a seu tempo, antes de fazer o nú é legal também fazer fotos c/ roupa e até talvez ir tirando aos poucos como uma brincadeira assim o modelo ficará mais a vontade e c/ certeza as fotos sairam bem naturais e a vontade. E também temos de deixar claro que o trabalho que a pessoa esta fazendo é único e talvez ela não tenha a oportunidade de fazer outro igual e nunca devemos esquecer de colocar auto-estima da pessoa la em cima (não vamos confundir isso c/ cantadas baratas) Pois todos gostamos de ser elogiados e irá facilitar bastante o trabalho.

Daiane Alcantara Lima

Mauricio Santana disse...

O Fotógrafo como um bom profissional sem dúvidas consegue driblar tudo isso, o importante é agir com naturalidade, fazer com que o fotografado veja que ele fica encanado é a pior besteira, e aos poucos ir se soltando com comandos suaves do Fotógrafo, música sem dúvidas é essencial. Música boa, pessoas legais e profissionalismo seria a fórmula para bons cliques.

Eduardo Chaves disse...

Profissionalismo. Isto é o que se espera do fotógrafo.

Claro, estamos falando de uma situação que pode sim ser constrangedora tanto para o fotografado, como também, e por que não, para o fotógrafo. Ambos devem estar centrados e focados no objetivo do trabalho.

Acredito que o principal é haver cumplicidade durante a seção de fotos. O fotógrafo deve ter um olhar apurado e sensível à arte. Fotografar antes de tudo é arte, demanda uma sensibilidade tamanha que as imagens devem se sentidas, devem transmitir sentimentos, capturar a energia da cena e transmitir sem palavras, mas com uma bela composição.

No caso das imagens de Nu, um dos pontos principais é a conversa, é o briefing para o modelo sobre o trabalho do fotógrafo naquele momento. O que ambos esperam do ensaio. Como será o cenário, iluminação, figurino (sim, por mais que não se apresenta, o figurino está presente), quais e quantos estarão envolvidos no trabalho. Apresentar antes de tudo muita naturalidade.

Naturalidade. Esta é a palavra que evita constrangimentos. Enriquecer a cena com um olhar preciso. Deixar o modelo, ou a modelo a vontade, no meu ponto de vista significa passar confiança, direcionamento e também determinação. Este é um tipo de ensaio que não possibilita “vazios”. Todo o trabalho deve ser preenchido.

Ainda sobre o briefing, é importante que o fotógrafo apresente algumas referências sobre a condução do trabalho, mostrando assim repertório para que o fotografo não se intimide com as poses, nem com o movimento do fotógrafo durante a cena.

A equipe deve estar afinada. Na minha opinião deve-se usar um staff mais reduzido para o dia. Maquiador e cabeleireiros são essenciais, assim como o assistente, no entanto, em off, deve ser perguntando para o modelo se ele se importa que estas pessoas acompanhem o trabalho e cabe ao fotógrafo explicar ao modelo a função de cada um deles ali no trabalho, ali naquele momento. Afirmando assim, que todos estão ali para trabalhar e que todos estão respirando juntos, em sincronia, confiantes no profissionalismo do modelo.

Olho no olho! Esta é a minha resposta contra o constrangimento.

Eduardo Chaves
www.evchaves.com.br
www.evchaves.blogspot.com

Eduardo Chaves disse...

Apenas uma errata:

... mostrando assim repertório para que o fotografado não se intimide com as poses, nem com o movimento do fotógrafo durante a cena...

Dani Rocha disse...

Mostrar trabalhos anteriores e ficar amigo do modelo para transmitir confiança e seriedade. Vale a pena também conversar bastante durante a sessão, pois tira a atenção do modelo ao próprio corpo fazendo-o encarar as fotografias como algo belo, sem malícia.
Caso tenha muita gente no estúdio, também vale a pena deixar poucas pessoas, tornando o ambiente intimista.
O importante é que o fotográfo e o modelo estejam em sintonia.

Daniella Rocha

Ricardo Lima disse...

Tudo se traduz em uma palavra: "Confiança".
E aí vem a grande questão: "Como conseguir essa confiança?"

Sem dúvida, com uma conversa franca sobre a proposta do ensaio.
Expor claramente o que queremos de um ensaio deixa o/a modelo muito confortável com a figura do fotógrafo e de todos os envolvidos no ensaio (não ficar sozinho com o/a modelo, depois de passado qualquer possível "estranhamento", dá bastante segurança para todos os envolvidos).

Mas creio que, levar o ensaio o mais próximo "do mundo" da modelo faz a diferença maior, ou seja, perguntar o que ela espera do trabalho, como ela se vê, quais as referências dela para o ensaio (sim, mesmo numa primeira vez a/o modelo já viu alguma foto em jornais, revistas ou internet que chamou sua atenção), o que gosta e o que não gosta, que vai desde as poses até a forma de tratamento com o/a fotografado.
E claro, elogiar durante todo o ensaio os acertos e corrigir (gentilmente) o que não estiver funcionando. E evitar ao máximo (pra não dizer NUNCA) tocar a modelo, pra isso pode se utilizar uma maqueadora/assistente que desde antes do ensaio já tem um "contato físico" com o/a modelo.

Se mesmo assim o ensaio não rolar, muito vinho pra soltar a modelo (PARA AS FOTOS!!! rsrsrs).

Patrícia Cosme disse...

Os ganhadores do concurso são: Eduardo Chaves e Ricardo Lima.

Entrem em contato pelo email: programaclick@gmail.com

Abraços
Patrícia Cosme

Eduardo disse...

Primeiramente o fotografo precisa ser bem profissional e explicar para o fotografado que este é um trabalho profissional como qualquer outro tipo de trabalho.
Devo deixar a pessoa a vontade e conversar com ela sobre diversos tipos de assunto e com isso vou criando um ciclo de amizade para ela ficar mais a vontade na hora de fazermos as fotos.
Durante as foto devo fazer "brincadeiras" para a mesma ficar mais descontraída e devo ajudá-la nas posições para ela ficar mais confiante, até a hora que ela se soltar e com isso mostrar a sua real sensualidade.

Eduardo Chaves disse...

Olá,

Fico muito feliz com o reconhecimento do prêmio.

Já mandei o email para o programa ao cuidados da Patricia.

Obrigado!!!!!

Abraços

Eduardo Chaves
eduardo@evchaves.com.br

Carolina Angrisani disse...

Sedução é segredo: Baixar a luz ao redor, colocar uma musiquinha e dizer que para o (a) modelo que ele(a) foi o(a) escolhido(a) para aquelas fotos, então naquele momento ele(a) é a pessoa mais interessante do mundo, e assim que quero que ele(a) se sinta.

gilson 1 disse...

com vesria com a(o)modelo peque do constrangimento e tentaria mostra para o(a)modelo que eles ali cesinta apesou que eles relajen amenti e o corpo que elevem oceu espirito e o coração dele para um luga que eles sinta bata en um luga quqw eles cesintan bem que minha vois ceja ospensamentos delis para tiramos fotos perfeitas